sexta-feira, agosto 8

O PIOR, É QUE É ASSIM MESMO....




O vídeo abaixo mostra (ou de-monstra) porque ainda precisamos de "cotas" nas universidades (...). O problema da desigualdade social, infelizmente, ainda é um problema racial. Não há como separar desigualdade social e questão racial, pois aqueles que são privados de uma vida digna são os mesmos que sofrem o preconceito racial. E ainda me perguntam: por que a cota não toma por critérios a classe social? A resposta é simples: se colocarmos cotas por classe social, continuaremos a ter somente negros... Os preconceitos, em todos os seus níveis (religiosos, sexuais, raciais etc), e a injustiça ainda são sinônimos no Brasil. E pior... ainda são coisas normais...





Às vezes, a piada alivia... Mas às vezes, a piada é mais dolorida do que um tapa na cara. Oh pessoal do Porta dos Fundos! Pense nisso! Dedico esse vídeo a todos os meus amigos afro-descentes, à Comunidade Tia Eva de Campo Grande e por sua luta por uma sociedade mais justa e sem preconceitos.

0 comentários:

Postar um comentário