terça-feira, março 28

II SEMINÁRIO DE ESTUDOS METODOLÓGICOS COM POPULAÇÕES VULNERÁVEIS


O II seminário de estudos avançados metodológicos é o segundo de uma série de discussões para pensar a teoria metodológica e o campo de pesquisa, todo o arcabouço teórico, pioneiro na revisão da centenária experiência da etnossensibilidade, responsável e complexo, que envolve o ato de fazer pesquisa / o aprender com sociedades em situações de vulnerabilidade.

136ª Prática Integradora.
TÍTULO
II Seminário Estudos Metodológicos Avançados de Pesquisa
com Sociedades em Situações de Vulnerabilidade.
“A outra questão das questões.”

PALESTRANTES.

Dr. Levi Marques Pereira: Bolsista em Produtividade em Pesquisa 2. O autor é graduado e licenciado em Ciências Sociais pela PUCCAMP, especialista em História da América Latina (UFMS), possui mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1999),
doutorado em Ciências (Antropologia Social) pela Universidade de São Paulo (2004), pós-doutorado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (2009) e pós-doutorado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2016). Atualmente é professor associado na Universidade Federal da Grande Dourados, onde leciona na Faculdade Intercultural Indígena (Licenciatura Intercultural Indígena - Teko Arandu, desde 2006) e participa dos programas de pós-graduação em Antropologia e História. Coordena o Programa de Pós-Graduação em Antropologia. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Etnologia Sul-americana, atuando principalmente nos seguintes temas: parentesco e organização social, educação indígena, antropologia da religião, infância e gênero, história indígena, terras indígenas e movimento social. Realizou perícias para a justiça (estadual e federal), trabalhos técnicos para governos, UNICEF e UNESCO e, também atuou em estudos de licenciamento ambiental.

Dr. Leif Ericksson Nunes Grünewald: Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado e doutorado em Antropologia Social pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente, é bolsista PNPD/CAPES do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal da Grande Dourados. Tem interesse na área de Etnologia Indígena, particularmente em dois aspectos dessa subdisciplina: (1) pelas relações entre índios e brancos e suas conexões com sistemas sociocosmológicos ameríndios e suas transformações na Amazônia e no Chaco Paraguaio, (2) Educação Indígena e conexão com os modelos sociocosmológios de povos das terras baixas da América do Sul.

RESPONSÁVEIS
- Laboratório de Humanidades – LabuH
Coordenador:
Prof. Dr. Josemar de Campos Maciel
Pesquisadores:
Doutorando: Yan Leite Chaparro
Doutoranda: Lorene Almeida Tiburtino
Doutorando: Victor Hugo de Oliveira Marques
Doutoranda: Silvia Santana Zanatta

- Grupo (rede) de trabalho permanente Filosofias Ameríndias - OuVir
Pesquisadores:
Yan Leite Chaparro
Leif Ericksson Nunes Grünewald
Levi Marques Pereira
Josemar de Campos Maciel

- Curso de Filosofia UCDB
Coordenador: Victor Hugo de O. Marques

RESUMO.
O II seminário de estudos avançados metodológicos é o segundo de uma série de discussões para pensar a teoria metodológica e o campo de pesquisa, todo o arcabouço teórico, pioneiro na revisão da centenária experiência da etnossensibilidade, responsável e complexo, que envolve o ato de fazer pesquisa / o aprender com sociedades em situações de vulnerabilidade.

METODOLOGIA
1. Em primeiro lugar, será realizado uma mesa redonda com os dois palestrantes;
2. Após a mesa-redonda será realizado um debate;
3. Para a validação da carga horária será cobrado um pequeno relatório de confecção livre, no qual os participantes expressam suas reações e percepções em relação a prática e suas correlações com o
Desenvolvimento Local.

CARGA HORÁRIA: Quatro Horas. Com certificado pelo Laboratório de Humanidades - LabuH

LOCAL: Universidade Católica Dom Bosco/UCDB. Sala de defesa dos mestrados e doutorados.

VAGAS: Trinta vagas.

DATA:
• 04/04/2017 - 17:00 horas

INSCRIÇÕES PELO E-MAIL DA SECRETARIA DO MESTRADO E DOUTORADO E PELO E-MAIL DO LABUH - labuh.hubal@gmail.com

REFERÊNCIAS
CARNEIRO DA CUNHA, M. Cultura com aspas. Cosac & Naify: São Paulo,
2009.
CERTEAU, M. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. 11ª. Edição,
Editora Vozes: Petrópolis, 2005.
DERRIDA, J. Posições. Editora Autentica: Belo Horizonte, 2001.
LATOUR, B. Jamais Fomos Modernos. 4ª. Reimpressão, Editora 34: Rio de
Janeiro, 2008.
LÉVINAS, E. Entre nós: ensaios sobre a alteridade. 2ª. Edição, Editora Vozes:
Petrópolis, 2005.
WAGNER, R. A invenção da cultura. Cosac & Naify: São Paulo, 2012.
SAHLINS, M. Cultura e razão prática. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1979.
STRATHERN, M. O efeito etnografico e outros ensaios. Cosac & Naify: São
Paulo, 2014.


0 comentários:

Postar um comentário